Arquivo Nacional promove prêmio para pesquisas sobre o regime militar no Brasil

Estão abertas as inscrições para o Prêmio Memórias Reveladas. O concurso vai selecionar para publicação monografias com base em fontes documentais referentes ao período do regime militar no Brasil. Até 16 de abril de 2018.

Por Ana Paula Tavares | Agência Café História

A iniciativa do Arquivo Nacional e do Centro de Referência das Lutas Políticas no Brasil – Memórias Reveladas tem por objetivo difundir informações e estimular a produção de estudos e reflexões sobre o contexto histórico do período entre 1964 e 1985 no país. Podem participar do concurso brasileiros ou estrangeiros, individualmente ou em grupo e independentemente do nível de formação acadêmica. Há o limite de um trabalho por candidato ou grupo.

Soldados - Ditadura Militar
Nos últimos anos, muitos novos trabalhos sobre a Ditadura Militar foram publicados no Brasil, sobretudo em 2014, quando o golpe de 1964 completou 50 anos. Foto: Policiais em manifestação no Rio de Janeiro em 1968. Arquivo Nacional, Correio da Manhã, PH FOT 00229.410. Memórias Reveladas.

As monografias devem ser inéditas (não publicadas sob forma impressa ou digital, exceto bancos digitais de teses), escritas em português, e devem conter no mínimo 100 e no máximo 350 laudas, incluindo notas, anexos e apêndices. A temática é livre, porém o candidato ou candidata deve se ater ao período indicado e deve utilizar fontes documentais, que podem ser de acervos diversos. Acesse a Ficha de Inscrição no site do AN.

Todos os trabalhos serão avaliados por um Comissão Especial de Licitação formada por especialistas e pesquisadores da área. Os vencedores serão publicados pelo Arquivo Nacional, cabendo a seus autores ou autoras o percentual de 5% dos mil exemplares da tiragem prevista. As monografias vencedoras serão reveladas em uma cerimônia pública a ser realizada em setembro de 2018. Para acessar o edital, clique aqui.

Pesquisas premiadas nas edições anteriores

Confira abaixo as pesquisas premiadas nas edições anteriores – disponíveis para compra pelo e-mail [email protected].

3a edição: “Do hábito à resistência: freiras em tempos de ditadura militar no Brasil”, de Caroline Jaques Cubas; “A política repressiva aplicada a militares após o golpe de 1964”, de Claudio Beserra de Vasconcelos; “O combate à corrupção durante a ditadura militar brasileira por meio da Comissão Geral de Investigações [1968-1978]”, Diego Knack.

2a edição: “Dossiê Itamaracá”, de Joana Santos Rolemberg Côrtes; “Os Vigilantes da Ordem”, de Pâmela de Almeida resende; “Os Protagonistas do Araguaia”, de Patricia Sposito Mechi.

1a edição: “O Terror Renegado”, de Alessandra Gasparotto; “Todo o Leme a Bombordo”, de Anderson da Silva Almeida; “No Centro da Engrenagem”, de Mariana Joffily.


Como citar essa notícia

TAVARES, Ana Paula. Arquivo Nacional promove prêmio para pesquisas sobre o regime militar no Brasil. (Notícia). In: Café História – história feita com cliques. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/premio-arquivo-nacional-ditadura-2018/. Publicado em: 7 dez. 2017. Acesso: [informar data].

5 Comentário

  1. Naturalmente que esta é uma iniciativa de alto valor, e que levará muito tempo pra se relatar e revelar tudo que neste tempo se moveu, sabendo-se, ainda, que muita coisa, muitos fatos, jamais virão á tona, pois foi enterrada com gentes e objetos que não deveria serem revelados jamais. O que penso é que ao longo de todo esta colheita de pareceres e denuncias e achados desta história, sejam publicados artigos referentes para que possamos adentrar esta ODISSEIA para a qual nenhum julgamento será bastante ou até possível. Resumido, copilado ou amplo, todo, gostaria de poder ler a respeito dos depoimentos ajuntados.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*