Morre o historiador francês Jean Delumeau, autor de “História do Medo no Ocidente”

Ele estava com 96 anos. Delumeau foi um dos grandes pesquisadores da História do Cristianismo e da História das mentalidades.

Bruno Leal | Agência Café História

Morreu nesta segunda-feira, 13 de janeiro, o historiador Jean Delumeau. A notícia foi dada pela família pela manhã e repercutiu nos principais jornais da França. O pesquisador francês estava com 96 anos de idade e deixa como legado diversos livros e artigos no campo da História do Cristianismo e da História das Mentalidades.

No Brasil, seu livro mais famoso é “História do medo no ocidente: 1300-1800: uma cidade sitiada”, publicado pela primeira vez em 1978 e logo adotado em diversos cursos de história do país. Delumeau teve três filhos, um deles o historiador Jean-Pierre Delumeau.

Morre o historiador francês Jean Delumeau, autor de "História do Medo no Ocidente" 1
Jean Delumeau era referência da chamada História das Mentalidades. Fonte: internet.

O jornal católico francês “A Cruz” escreveu em seu obituário: “Aqueles que tiveram a chance de seguir os cursos de Jean Delumeau no Collège de France, de forma contínua ou esporadicamente, lembram-se de um orador fascinante, claro, afável, preciso. Seus estudantes se maravilhavam com a maneira como ele sabia como pôr fim à sua lição do dia, um segundo antes do relógio indicar o fim do tempo. Tanta facilidade intelectual e organização encantaram e impressionaram ao mesmo tempo”.

Biografia

Delumeau nasceu no dia 18 de junho de 1923 em Nantes, na França, em uma família religiosa. Na juventude estudou em colégios tradicionais, como o Lycée Masséna, em Nice, e, depois no Lycée Thiers, em Marselha. Em 1943, aos 20 anos, tendo terminado os estudos básicos, Delumeau foi admitido na prestigiosa Escola Normal Superior de Paris, onde formou-se historiador. Membro da Escola Francesa de Roma, lecionou história na École polytechnique, na Universidade de Rennes II e na Universidade de Paris I.

Foi um dos nomes de maior destaque no Centro Nacional de Pesquisa Científica, entre 1954 a 1955, diretor do Centro Armorican de Pesquisa Histórica de 1964 a 1970 e diretor de estudos na École Pratique des Hautes Etudes de 1963 a 1975 e depois na École des Hautes Etudes em ciências sociais  de 1975 a 1978. Ele foi ainda professor e professor honorário no Collège de France, onde atuou de 1975 para 1994.

Delumeau foi membro do conselho editorial de várias revistas acadêmicas e professor visitante de várias universidades da América do Norte, Europa e Ásia, tendo sido ainda membro honorário do Instituto Universitário de França e da Academia Europaea .

História das Mentalidades

Suas primeiras publicações acadêmicas exploraram a História de Roma. O sucesso repentino o fez ser visto como um eminente “historiador das religiões”. Delumeau, contudo, se tornou no final dos anos 1970 um ícone da chamada História das Mentalidades, movimento que renovou a historiografia no pós-guerra, explorando temas como crenças religiosas, cultura popular, medo e outras representações coletivas, temas que até então eram ignorados pela História Política e Econômica. A mudança de rumos na carreia é assim narrada por Peter Burke em seu livro “A escola dos Annales” (1929-1989):

“Jean Delumeau, que iniciara a carreira como historiador socioeconômico, transferiu suas preocupações com a produção de alumem nos estados papais para os problemas da história da cultura. Sua primeira tentativa foi no sentido da história da Reforma e da denominada “descristianização” da europa. Mais recentemente, Delumeau voltou-se para a psicologia histórica, no sentido febvriano do termo, e escreveu uma ambiciosa história do medo e da culpa no Ocidente, discriminando ‘os medos da maioria’ (o mar, fantasmas, pragas e fome) dos medos da ‘cultura dominante’ (satã, judeus, mulheres – principalmente feiticeiras)”. 

Como citar esta notícia

CARVALHO, Bruno Leal Pastor de. Morre o historiador francês Jean Delumeau, autor do clássico “História do Medo no Ocidente” (notícia). In: Café História – História feita com cliques. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/morre-o-historiador-jean-delumeau. Publicado em: 13 jan. 2020.

6 Comentário

    • De acordo,com a notícia publicada, através do site, percebe-se que perdemos um grande teorico, porem, nos deixa, um fascinante legado, principamente, na História das MentaliMentalidades.Que suas teorias, vai sejam esquecidas, mas, possam ser estudadas, questionadas pelos novos estudiosos e intelectuais!

1 Trackback / Pingback

  1. Muere el historiador francés Jean Delumeau, autor de «Historia del miedo en Occidente | Conversacion sobre Historia

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*