Os dois volumes do livro “Cultura Negra” estão disponíveis para download gratuito

6

Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) publicou “Cultura Negra, Novos Desafios para os Historiadores” pela primeira vez em 2018. 

Por Bruno Leal | Agência Café História

A Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) acaba de disponibilizar, gratuitamente, os dois volumes do livro “Cultura Negra, Novos Desafios para os Historiadores”: “Festas, carnavais e patrimônios negros” e Trajetórias e lutas de intelectuais negros”. Ambos podem ser baixados no site da editora

O projeto foi lançado em 2018 e tem organização das pesquisadoras Martha Abreu, Giovana Xavier e Lívia Monteiro, e do pesquisador Eric Brasil. A versão impressa da obra teve uma tiragem pequena e esgotou-se recentemente. O seu lançamento gratuito em formato PDF (que pode ser lido em qualquer dispositivo) democratiza o seu acesso. 

Dois volumes do livro Cultura Negra no Brasil, disponível para download gratuito.
Os dois volumes do livro “Cultura Negra” estão disponíveis para download gratuito.

“Nos dois volumes procuramos apresentar os desafios do trabalho do pesquisador e do professor de História com o conceito de cultura negra. E um dos caminhos oferecidos é a valorização da ação de sujeitos sociais negros na articulação entre luta política, combate ao racismo e expressões culturais. Em síntese, o principal objetivo da publicação é mostrar que, através de expressões culturais, se faz política: política antirracista e por direitos afirmativos. Cada volume possui ênfases diferentes”, disse ao Café História a historiadora Martha Abreu, professora do Instituto de História da Universidade Federal Fluminense e uma das organizadores do livro. 

A historiadora também explicou como surgiu a ideia do projeto:

“O projeto vem tomando forma desde o I Seminário Internacional Histórias do Pós-abolição no Mundo Atlântico, realizado na UFF, em 2012, quando ganharam visibilidade pesquisas sobre cultura negra em todas as partes do Brasil e cresceram as demandas em torno da aplicação da Lei 10.639 (especialmente a obrigatoriedade do ensino da história e da cultura afro-brasileira). Desde então, muitos trabalhos envolvendo festas, patrimônios, música e tetros negros foram defendidos como mestrados (acadêmicos e profissionais) e doutorados, mas as publicações ainda estavam dispersas e pouco sistematizadas. O projeto que deu origem aos dois volumes foi financiado pela Faperj e visava exatamente reunir pesquisadores de variadas gerações e dar projeção a essa reflexão. Hoje o campo cultural ocupa um lugar de destaque no nosso GT da Anpuh, “Emancipações e Pós-abolição”. 

O primeiro volume apresenta capítulos sobre Festas da Liberdade, Carnavais de mobilização política negra, Patrimônios Negros e direitos culturais; O segundo, capítulos sobre trajetórias e lutas de intelectuais negros que protagonizaram festas, movimentos musicais, renovação teatral e mobilização antirracista em expressões culturais. No total, são 27 estudos que tornam visíveis vozes “esquecidas” e trajetórias políticas silenciadas.

Autores e autoras

A lista completa dos autores e autoras do livro: Hebe Mattos, Juliano Sobrinho, Luiz Gustavo Santos Cota, Renata Moraes Silvia Martins de Souza, Lyndon Santos, Luara Santos, Guilherme Guaral, Eduardo Nunes, Larissa Viana Luana, Oliveira Elaine Monteiro, Alvaro P. Nascimento, Carolina Martins, Ivaldo Marciano, Isabel Guillen, Manuela Areias, Rodrigo de Azevedo Weimer, Caroline Vieira, Silvia Brugger, Gabriela Buscácio, Alexandre Reis, Rebeca Pinto, Julio Claudio Silva, Maria do Maria do Carmo Gregorio e Ana Carolina Nascimento.

Como tirar esta notícia 

CARVALHO, Bruno Leal Pastor de. Os dois volumes do livro “Cultura Negra” estão disponíveis para download gratuito (notícia). In: Café História – História feita com cliques. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/cultura-negra-livro-gratuito/. ISSN: 2674-5917. Publicado em: 24 abr. 2020. Acesso: [informar a data]. 

Bruno Leal

Fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em História Social. Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra.

6 Comments

    • Consegui baixar os dois indo na aba quando começa a reportagem, esta em azul escrito “no site da editora”.
      Vai direto no site e só clicar no “formato pdf” e consegue abrir o livro e baixar.

      A Editora da Universidade Federal Fluminense (Eduff) acaba de disponibilizar, gratuitamente, os dois volumes do livro “Cultura Negra, Novos Desafios para os Historiadores”: “Festas, carnavais e patrimônios negros” e Trajetórias e lutas de intelectuais negros”. Ambos podem ser baixados no site da editora.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.