Debate sobre Teoria da História

Andre de Lemos Freixo é historiador, professor do Departamento de História da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e coordenador do Núcleo de Estudos em História da Historiografia e Modernidade (NEHM) desta mesma universidade. Nessa entrevista, Lemos traz um riquíssimo e estimulante

Debate sobre Teoria(s) da História – Parte 2

Andre de Lemos Freixo é historiador, professor do Departamento de História da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e coordenador do Núcleo de Estudos em História da Historiografia e Modernidade (NEHM) desta universidade. Nessa entrevista, traz um riquíssimo e estimulante debate sobre

Debate sobre Teoria(s) da História – Parte 3

Andre de Lemos Freixo é historiador, professor do Departamento de História da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e coordenador do Núcleo de Estudos em História da Historiografia e Modernidade (NEHM) desta universidade. Nessa entrevista, traz um riquíssimo e estimulante debate sobre

“Os Iranianos”: um olhar de perto

Samy Adghirni é jornalista e por quase três anos atuou como correspondente da Folha de São Paulo no Irã. Nesta entrevista ele fala sobre seu livro “Os Iranianos”, no qual relata uma sociedade fascinada por internet e que conquistou indicadores sociais bem

Nova História da Guerra do Paraguai

Francisco Doratioto é historiador, professor da Universidade Nacional de Brasília (UnB) e do Instituto Rio Branco. Com um trabalho baseado em farta documentação e destacando os lados humano, social e político do conflito, ele é um dos principais especialistas em História da

ProfHistória: mestrado profissional em ensino de História

Marieta de Moraes Ferreira é professora da Fundação Getúlio Vargas (FGV) e da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Nesta entrevista ela fala sobre os objetivos e desafios do primeiro Mestrado Profissional em Ensino de História do país, o ProfHistória, do

Identidades Negociadas: um debate sobre imigração e nação

Professor da Emory University, em Atlanta, EUA, Jeffrey Lesser é pesquisador “brasilianista” e vem se dedicando ao estudo de questões ligadas à formação e à representação de comunidades estrangeiras no Brasil, sobretudo de judeus e japoneses, com o foco na formação das