A história do mundo contada através dos 850 anos da Notre-Dame

Novo livro da Editora DBA se debruça sobre a história de uma das catedrais mais importantes do mundo e da cristandade. Construção em estilo gótico em Paris ajuda a entender a história da Europa em sua relação com o mundo

4
Catedral de Notre-Dame, Paris, França. Foto: Steven Lasry, Unplash.

O ano de 2019 foi marcado pelas imagens da catedral mais famosa do mundo em chamas, cenas tão intensas que provocaram uma sensação de perda até entre não religiosos. O colapso do pináculo, testemunhado por milhares de pessoas, sinalizou o fim de uma obra-prima da arquitetura que se tornou um ícone de Paris.

Neste livro, com uma escrita concisa e poética, a tragédia de 2019 é ponto de partida para uma investigação acerca do surgimento da catedral e das inúmeras mudanças pelas quais passou, dissolvendo a ideia de que Notre-Dame sempre existiu daquela maneira. Pelo contrário, ao longo de séculos sofreu ataques, destruições, reformas e ampliações.

Mais importante do que isso, a grande Dama foi palco dos maiores acontecimentos da França – das disputas entre católicos e protestantes na Idade Média à Segunda Guerra Mundial –, transformando-se em um símbolo a partir do qual é possível narrar à história do ocidente e a relação complexa entre governo e religião.

A história do mundo contada através dos 850 anos da Notre-Dame 1
Título: Notre-Dame: a alma da França | Autora: Agnès Poirier | Tradutora: Ana Guadalupe | Acabamento: brochura | Formato: 14×21 cm | Páginas: 240 pp | ISBN: 978-65-5826-012-7 | E-ISBN: 978-65-5826-013-4 | Preço: R$ 79,90 | Preço ebook: R$ 39,90 | Editora: DBA Literatura.

Aliando uma escrita que mescla o jornalismo literário à pesquisa acadêmica, Poirier convida o leitor para um percurso de 850 anos na história da catedral que sempre foi muito mais do que apenas um espaço litúrgico e que, mesmo depois do incêndio, continuará presente com imensa força no imaginário ocidental.

Para Agnès Poirier o ocorrido foi mais do que um incêndio em um ponto turístico, pois abalou certezas. Afinal, se um monumento que sobreviveu à guerras e invasões por quase um milênio podia desabar de uma hora para a outra, o que isso nos diz sobre a história da humanidade? Será que a fraternidade, a liberdade e a igualdade também não poderiam ser consumidas pelo fogo?

A edição da DBA Literatura conta com um caderno de imagens especialmente selecionadas. Ao todo, são 16 imagens coloridas entre fotos, gravuras e desenhos. A mais antiga é de 1495 e a mais atual é de 2019 após o incêndio.

Sobre a autora

Nascida em Paris e vivendo em Londres, Agnès Poirier é escritora e jornalista. Atuou em veículos de comunicação como BBC, CNN, GuardianLe MondeLe Figaro ObserverThe Times, entre muitos outros. Publicou Left Bank: Art, Passion and the Rebirth of Paris, 1940-50, livro de grande sucesso sobre frequentadores da Rive Gauche.

Kulturális

A Kulturális é uma empresa de comunicação e marketing com foco no mercado editorial e no cultural. Esporadicamente, a Kulturális publica no Café História novidades no campo da literatura de fição e da não-ficcão.

4 Comments

  1. Tenho plena convicção de que se trata de um excelente livro. Muito contribuirá na ampliação de nossos conhecimentos históricos da atualidade, decorrente de uma historiografia de qualidade.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.