Olimpíada Nacional em História do Brasil: últimos dias de inscrição

Inscrições para a nona edição do evento se encerram no dia 28 de abril.

Bruno Leal | Agência Café História

As inscrições para a 9ª Olimpíada Nacional em História do Brasil devem ser feitas exclusivamente online: https://www.olimpiadadehistoria.com.br/. A coordenação do evento, conforme previsto em regulamento, informa que sob nenhuma hipótese as inscrições serão feitas por e-mail, correspondência ou qualquer outra forma de comunicação. Para se inscrever cada equipe deve realizar um cadastro junto ao sistema de cadastros da ONHB, no qual serão solicitados nome completo, e-mail de cada participante e outros dados.

Para quem ainda não conhece o evento – que vem ocupando lugar de destaque no calendário anual dos professores de história – vale a pena acessar o site, que é bastante completo. Além de um histórico de todas as edições da Olimpíada Nacional em História do Brasil, também é possível saber sobre cursos de formação de professores, notícias, provas o regulamento e outros informações importantes sobre  a Olimpíada.

Os participantes da 9ª Olimpíada Nacional em História do Brasil devem se organizar em equipes compostas por três estudantes regularmente matriculados no oitavo e nono anos (antigas sétima e oitava séries) do ensino fundamental ou no ensino médio, orientados por um professor de História. Os estudantes podem ser do ensino regular, ensino profissionalizante, supletivo ou EJA​ (Educação de Jovens e Adultos), sempre das séries permitidas (oitavo e nono anos e ensino médio) ou equivalentes. Não é permitida a participação de estudantes que já finalizaram o Ensino Médio, mesmo que inscritos em cursos pré-universitários. Alunos de cursos preparatórios para vestibular e ou instituições de apoio, privadas, estatais ou filantrópicas poderão participar somente na condição de serem também alunos regulares do ensino médio, e inscritos pela instituição de ensino em que cursam o ensino regular.

A Olimpíada Nacional em História do Brasil começou em 2009, e tem sido um grande sucesso entre alunos e professores de todo o país. Elaborada pelo Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), esta iniciativa firmou-se no cenário educacional como uma proposta inovadora de estudo consistente de História. É coordenada pelas historiadores Cristina Meneguello e  Alessandra Pedro.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*