Genocidio-Armenio
Artigo

Os Julgamentos de Istambul: crimes de guerra e justiça

14 de agosto de 2017 0

“Em abril de 2015, milhares de pessoas saíram às ruas de Erivan, capital da Armênia, em função do centenário do Genocídio Armênio de 1915, quando cerca de um milhão de armênios cristãos foram brutalmente assassinados e muitos outros deportados pelas autoridades centrais do Império Otomano. Os manifestantes não só lembraram do sofrimento de seus ancestrais, como também exigiram que o governo turco reconhecesse o genocídio.”