MAST debate sobre o Modernismo no Rio de Janeiro

Conversa on-line com Angela de Castro Gomes marca a primeira edição do projeto 'Encontro com a História em Casa' em 2022

"O destino dos animais", de Franz Marc, 1913, óleo sobre tela. O trabalho foi exibido na exposição de "Entartete Kunst" ("arte degenerada") em Munique , Alemanha nazista , 1937.

Essa gente do Rio… Modernismo e Nacionalismo será o tema da primeira bate-papo deste ano do projeto Encontro com a História em Casa. Este assunto é uma referência ao livro homônimo da historiadora Angela de Castro Gomes, que vai abordar as ideias centrais da obra que já está na segunda edição pela Editora FGV. Realizada pela Coordenação de Pesquisa e Arquivo do Museu de Astronomia e Ciências Afins (MAST), a conversa on-line será no próximo dia 10 de março, às 15h, com transmissão pelo Canal do MAST no YouTube. A mediação será da doutora em História da Ciência pela Fiocruz e bolsista PCI Maria Gabriela Bernandino.

Na obra, Angela busca traçar uma “história de intelectuais” do período. Como afirma na apresentação do livro, “as assinaladas relações entre intelectuais, nacionalismo e modernismo ganham renovado interesse, por abandonarem completamente a premissa de um certo modelo de nação moderna que pudesse ser utilizado como parâmetro para todo o campo político-intelectual do país. Como decorrência, tornam-se objeto de reflexões questões como a própria centralidade que os modernistas paulistas atribuíram a si mesmos e a da duração da memória que construíram sobre seu papel de vanguarda intelectual hegemônica.”

Angela de Castro Gomes é professora titular de História do Brasil da Universidade Federal Fluminense (UFF) e do Centro de Pesquisa e Documentação de História Contemporânea do Brasil (CPDOC/FGV). Além de autora de Essa gente do Rio… Modernismo e Nacionalismo, ela também publicou A Invenção do Trabalhismo.

Com informações do MAST.

Café História

Perfil da redação do portal Café História.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.