Livraria inglesa oferece frete grátis para o Brasil

Para quem costuma (ou precisa) comprar livros do exterior, Book Depository pode ser o melhor custo-benefício do mercado.

Bruno Leal | Agência Café História

Com o real desvalorizado no mercado financeiro e taxas de frete cada vez mais altas, comprar livros do exterior se tornou um empreendimento quase proibitivo. No entanto, para quem não pode abrir mão de livros importados, existe uma boa alternativa: a livraria inglesa virtual Book Depository oferece frete gratuito para o Brasil e mais de 100 outros países. E não se trata de uma promoção momentânea.

O frete gratuito é a grande marca da Book Depository, cada vez mais utilizada por brasileiros, sobretudo pesquisadores acadêmicos, que dependem e muito de bibliografia importada. Mas esta não é a única boa notícia. A Book Depository possui um acervo gigantesco. São mais de 17 milhões de títulos. O Café História navegou por esse acervo e constatou que a área de história é muito bem servida, contendo não só obras clássicas, mas também lançamentos. O recém-lançado “Concentration Camps – A short History”, do historiador Dan Stone, por exemplo, sai por pouco mais de 11 dólares (cerca de 35 reais no atual câmbio).

BOOK-STORE
Brasil está na lista de países para onde livraria despacha. Foto: Pixabay

Aparentemente, o único inconveniente da Book Depository, segundo a opinião dos consumidores nas mídias sociais, é o tempo de entrega, bem maior do que o da concorrência. No Twitter, encontramos muitos consumidores relatando um tempo de entrega superior a dois meses. Mas, em geral, as entregas, na maior parte dos casos, chegam ao destino. As compras podem ser feitas utilizando cartões VISA, Master Card, American Express, Visa débito, Visa Delta, Maestro e Electron. Pagamentos via PayPal também são aceitos.

A Book Depository foi fundada em 2004 por um ex-funcionário da Amazon e ganhou vários prêmios no setor. Seu lema era “Todos os livros disponíveis para Todos”. Depois de chamar a atenção do mercado editorial por seu plano de negócios inovador, a livraria foi adquirida pela Amazon, em 2011.

Book-depository
Tela da Book Depository, sessão de história.

O Café História não se responsabiliza por compras realizadas via Book Depository. Este post não foi patrocinado pela Book Depository.

3 Comentário

  1. muito bom e auspicioso negócio que grupos de funcionários que possam perder seus postos de trabalho devido às privatizações poderão acorrer a esses sistemas.Lembrando que:honestidade no trabalho,preço e aliado à tempo poderá fazer grande diferença e concorrência.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*