Ciclo de debates em História Antiga no Rio de Janeiro

Evento acontece na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) entre os dias 6 a 9 de novembro. Inscrições e programação disponíveis.

Bruno Leal | Agência Café História

Entre os dias 6 e 9 de novembro, a Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) recebe o XXVII Ciclo de Debates em História Antiga, que discutirá o tema “etnicidades”. Os debates vão privilegiar questões relativas às relações de identidades e de alteridades, “bárbaros” e civilizados, “nós” e “outros”, presente e passado. O evento é anualmente promovido pelo Laboratório de História Antiga (LHIA) da UFRJ.

Egito-Antigo
“Tutu”, do Dinastia ptolemaica. Data: 300-150 a.C. Imagem: Theodore M. Davis Collection, Bequest of Theodore M. Davis, 1915 | Acession Number: 30.8.71.

Desde o seu início, em 1991, o Ciclo de Debates se tornou um locus privilegiado para os pesquisadores brasileiros em História Antiga divulgarem seus trabalhos. O seu objetivo é promover uma discussão interdisciplinar entre História, Letras Clássicas, Filosofia, Arqueologia, Epigrafia e Antropologia.

O evento é organizado a partir de dois tipos de atividades: conferências de professores convidados e comunicações de pesquisadores inscritos. Todas as atividades são apresentadas durante os quatro dias desde manhã até a noite. O público-alvo consiste basicamente em graduandos e pós-graduandos de História e áreas afins e em professores dos ensinos fundamental e médio.

O LHIA

O Laboratório de História Antiga (LHIA) é uma unidade de pesquisa-ensino-extensão ligada ao Instituto de História da UFRJ, legalmente formalizada em 1993. O LHIA visa desenvolver a pesquisa, o ensino e a divulgação do conhecimento em História da Antiguidade Clássica através de um centro de estudo especializado na UFRJ. Ele congrega professores do Setor de História Antiga da UFRJ, alunos da Graduação e da Pós-graduação desta IES e pesquisadores de outras instituições que colaboram nas suas múltiplas atividades. Sua filosofia de trabalho está fundamentada em três princípios: equipe, integração ensino/pesquisa e interdisciplinaridade.

Para mais informações, clique aqui.

Seja o primeiro a comentar

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*