A área do incidente limitou-se a parte da recepção do térreo do bloco F, no complexo de prédios da sede da instituição. Foto: Arquivo Nacional.

Incêndio atinge dependências do Arquivo Nacional

Incidente aconteceu na madrugada deste sábado. Fogo foi controlado e os danos são pequenos. Recentemente, a instituição passou por obras de prevenção e combate a incêndios em sua sede.

Por meio de suas redes sociais, o Arquivo Nacional divulgou que na madrugada deste sábado, 2 de abril, um foco de incêndio, já debelado, atingiu dependências no complexo de prédios da sede da instituição, no Rio de Janeiro. O incidente, segundo o informe oficial, limitou-se a parte da recepção do térreo do bloco F.

“Ressaltamos que a integridade das pessoas, do conjunto tombado pelo Iphan e do acervo custodiado não foi atingida. Segundo os bombeiros, o incêndio foi iniciado por um curto-circuito nos no-breaks que se encontravam na sala do antigo PABX, recentemente substituído pelo sistema VoIP, que também não foi afetado”, destaca ainda o informa publicado no Facebook.  

Em 2021, o Arquivo Nacional modernizou o seu sistema anti-incêndio. O novo sistema foi desenvolvido para proteger as pessoas, preservar o conjunto arquitetônico, que é tombado, e para a proteger o acervo da instituição, que é um dos mais importantes da América Latina e do mundo.

Bruno Leal

Fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em História Social. Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.