“Revolucionário e Gay”: historiador fala sobre sua biografia de Herbert Daniel

3 mins
1

James Green foi entrevistado pelo programa Roda Viva. A íntegra da entrevista está disponível na íntegra e gratuitamente no YouTube.

Bruno Leal | Agência Café História

O historiador norte-americano James Green, professor da Brown University, dos Estados Unidos, foi o entrevistado desta semana do programa Roda Vida, da TV Cultura. A entrevista foi realizada em agosto do ano passado e foi ar na última segunda-feira, 7 de janeiro. Green, que é especialista em História do Brasil Republicano, pesquisador do período da ditadura militar, conversou sobre o livro “Revolucionário e Gay a vida extraordinária de Herbert Daniel”, biografia que escreveu sobre um dos pioneiros na luta pela democracia, diversidade e inclusão no Brasil contemporâneo.

Herbert Daniel (1946-1992) foi um personagem ímpar na história republicana brasileira. Mineiro de Belo Horizonte, Daniel foi estudante de medicina, crítico de cinema no rádio, autor de teatro estudantil e jornalista. Durante a ditadura militar, participou de grupos da luta armada no país atuando em organizações como Polop, Colina, Var-Palmares e VPR. Viveu na clandestinidade durante seis anos, sem nunca ser preso. No interior dessas organizações, a questão da sexualidade ainda era um tabu. Daniel, homossexual, acabou tendo que reprimir a sua sexualidade por vários anos.

Depois da ditadura, Daniel candidatou-se a deputado estadual pelo PT do Rio de Janeiro (mas não se elegeu), participou da formação do Partido Verde, engajando-se na luta ambientalista, e teve uma atuação importante na luta pelos direitos das mulheres, dos homossexuais, da população negra, indígena e pelo fim da discriminação contra pessoas portadoras do vírus HIV. Daniel morreu em 1992, vítima de complicações causadas pela AIDS. A biografia de Green conta não só a trajetória de Herbert Daniel, mas é também uma pesquisa de fôlego que ajuda a compreender o Brasil da segunda metade do século XX.


Como citar esta notícia

CARVALHO, Bruno Leal Pastor de. “Revolucionário e Gay”: historiador fala sobre sua biografia de Herbert Daniel (notícia).  In: Café História – história feita com cliques. Disponível em: https://www.cafehistoria.com.br/biografia-herbert-daniel/. Publicado em: 10 jan. 2019. Acesso: [informar data].

Bruno Leal

Fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em História Social (UFRJ, 2015). Foi professor do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra, com especial ênfase no destino dos criminosos nazistas. Foi cocoordenador do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos e Árabes da UFRJ, o NIEJ entre 2011 e 2018. É membro da Rede Brasileira de História Pública e da Associação das Humanidades Digitais.

1 Comment

  1. É um dos muitos nomes pouco conhecidos da História. Foi um dos primeiros a lutar pela fundação de uim partido verde em nosso país. Sua homossexualidade era assunto tabu até para seus companheiros de luta. Residiu em Portugal, numa época em que os direitos LGBT ainda não estavam na pauta do país às voltas com a redemocratização depois de anos de ditadura salzarista. Foi um dos úiltimos anistiados pelo governo brasileiro.

Deixe uma resposta

Your email address will not be published.