Historiadora brasileira é finalista em prêmio internacional

Historiadora brasileira é finalista em prêmio internacional 1

Historiadora brasileira é finalista em prêmio internacional 

O livro da historiadora Keila Grinberg, professora do Departamento de História da Unirio, “Keila Grinberg’s book “A Black Jurist in a Slave Society: Antonio Pereira Rebouças and the Trials of Brazilian Citizenship” ” (University of North Carolina Press) está entre os finalistas do Prêmio Frederick Douglass 2020

Intelectuais e Oriente Médio

Mais livro nos destaques de hoje. Lançado neste mês pela Editora Appris, “Paris – Palestina: intelectuais, islã e política no Monde Diplomatique (2001-2015)” levanta discussões acerca da atividade intelectual de jornalistas e historiadores. A obra analisa posicionamentos dos intelectuais do periódico francês diante de questões relativas ao Oriente Médio, como o conflito Israel – Palestina, os atentados de Nova York (2001) e de Paris (2015) e a Primavera Árabe.  Este é o terceiro livro da pesquisadora Juliana Sayuri sobre Le Monde Diplomatique. 

Historiadora brasileira é finalista em prêmio internacional 2

Bruno Leal

Fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em História Social. Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.