Fortaleza não vai mais sediar a próxima edição do Simpósio Nacional de História e evento deve acontecer no Rio de Janeiro

Universidade Estadual do Ceanrá. Foto: Davi Pinheiro.
Universidade Estadual do Ceanrá. Foto: Davi Pinheiro.

Mudança de local do evento  foi anunciada pela Associação Nacional de História nesta quinta-feira em informe extraordinário.

Bruno Leal | Agência Café História

Associados e associadas da Anpuh, a Associação Nacional de História, foram surpreendidos na noite desta quinta-feira com a notícia de que o 31º Simpósio Nacional de História (SNH), o maior evento na área do país, não vai mais acontecer em Fortaleza, em 2021, conforme definido pela Assembleia da Anpuh-Brasil, realizada em julho de 2019 na cidade de Recife (PE), durante a programação do 30º SNH. O Rio de Janeiro é apontado como o provável substituto como cidade-sede.

O anúncio foi feito pelo historiador Tito Barros Leal, vice-presidente da Anpuh-Brasil, em carta enviada por e-mail a todos os inscritos na lista de e-mail da associação.

No documento, Leal explica que a pandemia de Covid-19 foi determinante para a mudança de planos. A cidade de Fortaleza foi uma das mais atingidas pela doença no país, o que impediu o bom funcionamento da Comissão Local, responsável por organizar o SNH. Além disso, segundo o vice-presidente, o Reitor da Universidade Estadual do Ceará (UECE), instituição onde ocorreria o evento, com o apoio da Universidade Estadual Vale do Acaraú (UVA)  da Universidade Regional do Cariri (URCA), em parceria com o Governo do Estado do Ceará, foi acometido pela Covid-19, permanecendo internado por 54 dias, período durante o qual o seu mandato expirou.

“Não poderíamos oferecer o melhor, não poderíamos arcar com os possíveis altos custos de um Encontro tão grande num ambiente de tantas incertezas, não poderíamos, por fim, expor nossos Associados a riscos sanitários que sequer temos como mensurar. Neste sentido, com muita dor, com profunda tristeza, mas de consciência limpa, declinamos do honroso projeto de sediar o 31° SNH em Fortaleza”, diz Leal.

As datas do SNH em 2021 ainda não foram definidas e nem a instituição que irá receber os estudantes, professores e pesquisadores de história. Para saber mais sobre edições anteriores do evento, clique aqui.

Como citar esta notícia

CARVALHO, Bruno Leal Pastor de. Fortaleza não vai mais sediar a próxima edição do Simpósio Nacional de História e evento deve acontecer no Rio de Janeiro (Notícia). In: Café História. Disponível em:https://www.cafehistoria.com.br/fortaleza-nao-vao-mais-ser-sede-do-snh-2021/. Publicado em: 24 jun. 2020. ISSN: 2674-5917.

4 Comentário

  1. Ué mas o Estado do Rio de Janeiro está em uma situação muito pior que o Ceará. Sem falar que na capital, Fortaleza, a curva do Coronavírus está em decréscimo, as UTIS estão com índices de ocupação cada vez mais baixos a cada semana e o índice de curados supera os 60%. Portanto essa desculpa da mudança de sede para o Rio de Janeiro não tem sentido.

  2. Não vejo sentido do evento ir supostamente para o RJ, dado o aumento nos casos de Covid-19, nem da Anpuh Nacional não informar isso oficialmente aos associados.

Faça um comentário

Seu e-mail não será divulgado.


*