Arquivo Nacional facilita o acesso ao acervo com nova ferramenta de pesquisa digital

Busca no acervo da instituição está mais sofisticada, permitindo busca mais certeira. Ferramenta pode ser utilizada por qualquer pessoa, gratuitamente.

14
Tela do SIAN, do Arquivo Nacional.
SIAN é o nome do sistema de pesquisa do Arquivo Nacional.

Uma boa notícia para quem trabalha com pesquisa ou para quem gosta de procurar informações sobre familiares, fatos ou antigos ou sobre si mesmo. O Arquivo Nacional lançou uma nova ferramenta de pesquisa digital em seu sistema de busca no acervo, o SIAN – Sistema de Informações do Arquivo Nacional. A nova versão ferramenta de busca disponibiliza o acesso a mais de 1 milhão de documentos e potencializa as possibilidades de busca, realizando uma varredura por palavra no conteúdo dos documentos.

A pesquisa digital 2.0 foi lançada em sua versão beta, mas agora já está roando em forma definitiva e aprimorada. Segundo o Arquivo Nacional, novos filtros de busca continuarão sendo implementados.

As novidades

Diferentemente da versão anterior, a pesquisa digital 2.0 atinge bons resultados na busca de termos em sequência, desde que os caracteres dos documentos digitalizados e ocerizados, ou seja, convertidos em um formato de texto, estejam bem definidos no original. É possível, por exemplo, buscar simultaneamente vários fundos e coleções, filtrar por apenas um, assim como por partes do código de referência.

O sistema facilita a busca em documentos datilografados ou impressos, cujos conteúdos podem ser varridos em busca por termos específicos, mas também será possível visualizar outros documentos, como manuscritos e fotografias.

De acordo com Mariana Lambert, supervisora do Atendimento Presencial do Arquivo Nacional, a ferramenta representa uma enorme inovação no que diz respeito às possibilidades de pesquisa.  “Agora a pesquisa pode ser realizada no texto original dos documentos, não ficando restrita ao conteúdo indexado. Outras grandes vantagens são a ampliação e facilitação do acesso aos representantes digitais dos documentos originais, inclusive não ocerizados, que será possível pela internet e de forma imediata, evitando o deslocamento até o Arquivo”, declara. 

Para pesquisar no acervo do Arquivo Nacional, basta acessar o SIAN: http://sian.an.gov.br, realizar um cadastro, clicar em ‘Fundos/Coleções’ e ‘Pesquisa Digital 2.0’.

Com informações da ASCOM / Arquivo Nacional

Bruno Leal

Fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB). Doutor em História Social. Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra.

14 Comments

  1. Acho complicadíssimo entrar no acervo. Preciso de uma coisa que deveria ser simples que é ver alista de bordo da entrada de imigrante italiano no porto. não consigo e não tenho ajuda. Já liguei, mas talvez devido a pandemia ninguém atende. Obs: pesquisar a lista de bordo do porto de Santos é muito simples. A partir de quando vão atender o telefone ?

  2. Acho complicadíssimo entrar no acervo. Preciso de uma coisa que deveria ser simples que é ver alista de bordo da entrada de imigrante italiano no porto. pra mim nao serviu para nada os arquivos que tem achei bem fraco.

Deixe um comentário

Your email address will not be published.