[O portal]

O Café História é um portal de divulgação científica de periodicidade regular (semanal). Lançado no dia 18 de janeiro em 2008, o Café História é voltado para historiadores e para o público em geral. Entre 2008 e 2016, o site esteve hospedado na plataforma Ning. Neste período, ele apresentou um formato híbrido: rede social e portal de divulgação científica de história. A partir de janeiro de 2017, o Café História transferiu-se para a plataforma WordPress, deixando de ser uma rede social.

[Editor]

Bruno Leal Pastor de Carvalho: nascido no Rio de Janeiro em 16 de agosto de 1982, é fundador e editor do Café História. É professor adjunto de História Contemporânea do Departamento de História da Universidade de Brasília (UnB) e do Programa de Pós-Graduação em História desta mesma universidade. É também professor-colaborador do Programa de Pós-Graduação em História Pública da Universidade Estadual do Paraná (Unespar) e Conselheiro da Anpuh-DF. Doutor em História Social (UFRJ, 2015). Mestre em Memória Social (UNIRIO, 2009), Especialista em História Contemporânea (PUCRS, 2010), Graduado em História (UERJ, 2006) e Comunicação Social (UFRJ, 2006). Foi professor do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense (UFF). Tem pós-doutorado em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). Pesquisa História Pública, História Digital e Divulgação Científica. Também desenvolve pesquisas sobre crimes nazistas e justiça no pós-guerra, com especial ênfase no destino dos criminosos nazistas.  Foi  cocoordenador do Núcleo Interdisciplinar de Estudos Judaicos e Árabes da UFRJ, o NIEJ entre 2011 e 2018. É membro da Rede Brasileira de História Pública e da Associação das Humanidades Digitais. Currículo lattes aqui.

[Sub-editora]


Ana Paula Tavares Teixeira:
nascida no Rio de Janeiro em 29 de abril de 1982, é subeditora do Café História. Mestre em História pelo Programa de Pós-Graduação em História, Política e Bens Culturais da Fundação Getúlio Vargas (PPHPBC/FGV). Possui graduação em Comunicação Social – habilitação jornalismo pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro – UERJ (2006). É também formada em teatro pela Casa de Artes de Laranjeiras – CAL (2010). Trabalhou na Fundação Roberto Marinho e na Globosat, no Rio de Janeiro. Desenvolve trabalhos no campo da História Intelectual e Divulgação Histórica. Em sua dissertação discutiu gênero e atuação profissional através da trajetória da jornalista judia Yvonne Jean, que imigrou para o Brasil no final dos anos 1930 fugindo da perseguição nazista na Europa. No Brasil, Jean tornou-se um importante nome da imprensa brasileira. Currículo Lattes aqui.

[Contato]

[email protected]

[Periodicidade]

Semanal – o portal é atualizado toda segunda-feira

[Endereço]

O Café História está baseado na Asa Norte, Brasília, DF.